16 de jul de 2011

Neymar Jr. é o jogador que mais dribla na Copa América

Confiante, Neymar passa a se mexer mais em campo e sobe de produção

 

                                    Neymar comemora gol do Brasil (Foto: EFE)

No primeiro jogo, contra a Venezuela, os lances se concentraram pela esquerda. Diante dos paraguaios, mais pelo círculo central e pela intermediária de ataque. Contra o Equador, nesta quarta-feira, na vitória por 4 a 2, em Córdoba, Neymar atuou mais pelo meio-campo, caindo pela direita, fez dois gols e teve a sua melhor atuação pela Seleção Brasileira na Copa América. Mais confiante, o jogador passou a se movimentar mais, deixando de ficar concentrado em um setor do campo, e foi um dos destaques do confronto.
A criação dos lances ao longo dos três jogos da primeira fase da Copa América cresceu. No primeiro jogo, Neymar acertou 73% dos passes. Diante do Paraguai, 81%. Nesta quarta-feira, o número diminuiu um pouco (78%), mas foram dois gols. Números que empolgam o torcedor brasileiro e o próprio técnico Mano Menezes.
- O Neymar vem evoluindo. Contra o Equador ele se movimentou mais, voltou para ajudar na marcação – avaliou Mano Menezes.
mapas calor Neymar (Foto: ArteEsporte)Neymar mostra evolução ao longo dos três jogos da Seleção na Copa América (Foto: ArteEsporte)
Nas estatísticas da Conmebol, Neymar é um dos líderes de finalizações da Seleção ao lado de Alexandre Pato, com sete. Os dois também dividem a artilharia da equipe de Mano, com dois gols cada um na Copa América. Por outro lado, o camisa 11 é o segundo que erra mais passes no time. Ele só perde para Paulo Henrique Ganso.
Outro dado curioso é que o jogador é o principal driblador da Copa América. Neymar foi quem mais acertou as jogadas, foram 24. Por outro lado, também foi o que mais errou oa lances (11). Mesmo assim, a comissão técnica quer que os craques da equipe mantenham a mesma postura de ousar quando estivem no ataque.
O Neymar vem evoluindo. contra o Equador, ele se movimentou mais"
Mano Menezes, técnico da Seleção
- A função do técnico é organizar em campo, dar uma noção tática aos jogadores. Lá na frente, não podemos privar a individualidade dos jogadores que fazem a diferença - afirmou Mano.
O próprio Neymar após o jogo de estreia admitiu ter ficado mais postado pelo lado esquerdo por achar que é o melhor setor para criar. O atacante afirmou que a cada jogo perceberia a melhor forma de passar pelos marcadores para levar o Brasil ao ataque. E diante do Equador, as jogadas pelo meio foram o forte do camisa 11.
- As jogadas estavam saindo por aquele setor. Achei que poderia criar por ali na primeira partida - disse Neymar, que é o jogador que mais sofreu faltas da Seleção Brasileira na primeira fase do torneio. Foram oito.
Contra o Paraguai, em La Plata, sábado, às 16h (de Brasília), Neymar terá a oportunidade de mostrar mais uma vez que está melhorando a cada partida pela Seleção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário